quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Pouco sério, muito irresponsável

Os nosso políticos, não são sérios! A nossa justiça não é séria! Os nossos jornalistas, não são sérios! Os (As) nossos (as) …, não são sérios (as)!!
Afinal quem é sério em Portugal???
Pelos vistos ninguém!! Se não fosse grave, era uma anedota divertida!
Sempre achei, e continuo a achar, que os exemplos partem de cima. É o topo da cadeia hierárquica que tem que mostrar como se faz, não chega dizer o que tem que se fazer, tem que se fazer!!!
É assim com tudo, se pegarmos no exemplo dos nossos filhos, depressa vamos perceber, que mandar não chega! Tem que se saber mandar, tem que se mostrar como se faz!
Em Portugal, é muito difícil, encontrar alguém no topo da cadeia hierárquica que dê o exemplo. Esse é outro dos problemas que por cá persistem! Mas a questão é simples, as pessoas são assim, porque a sociedade é assim. Qualquer um quando lá chega, acaba por fazer o mesmo, tudo aquilo que criticava, fica para trás das costas, porque o que é “bom” é para se aproveitar!
A questão que estamos a viver em Portugal, com o Orçamento Geral do Estado, é mais uma anedota.
Primeiro, começa com os timmings, toda a gente vai protelando a decisão até á ultima, as decisões, nomeadamente as que dizem respeito a cortes, são adiadas até à ultima, o que provoca um atraso, no inicio da elaboração dos mapas e quadros, de cerca de duas semanas. Mas depois o prazo de entrega, mantém-se!!! Ou seja os políticos, por irresponsabilidade, estão-se a borrifar para o povinho. Os técnicos depois trabalham horas a fio sem poderem ir á cama, com o prejuízo respectivo, na saúde e na execução do seu trabalho propriamente dito. Muitos dos erros que são cometidos na execução do documento, são por irresponsabilidade, dos dirigentes políticos. Que por adiarem a tomada de decisões, põem em causa tudo o que se segue.
Segundo, tem a ver com as “chantagens”, que temos tido oportunidade de observar. O que se tem passado, só mesmo num país terceiro mundista, tem razão de existir!
Um governo que sabe precisar do apoio de outro partido para continuar a governar, mas que não põe de lado a arrogância que o caracteriza…muita falta de moral! Por outro lado os partidos, que não conseguem fazer nada sem o apoio do partido do governo, mas que são oposição, só porque são Oposição… muita falta de inteligência!
A parte mais grave. É que todos nós pagamos, e muito, para participar enquanto figurantes (pagadores) neste filme de péssima qualidade, na irresponsabilidade geral.
Em França, país muito á frente no que diz respeito á solidariedade , por causa do aumento da reforma em dois anos, tudo parou ou esteve quase a parar! Aqui que somo vilipendiados, todos os dias, da forma mais arrogante e cruel, a malta continua pacifica e acomodada, refilando entre dentes, mas quando chega a hora da verdade, mentira fica tudo em casa, no quentinho do sofá, se for numa estação fria, porque se for no Verão á praia é um óptimo destino para fugir às responsabilidades! Mais uma atitude pouco séria! Mas muito irresponsável! 

Sem comentários:

Publicar um comentário